Blog comprometido com as mais diversas lutas sociais do planeta, particularmente, o que diz respeito a luta pelo socialismo, a ampliação do uso dos software livre Gnu/Linux na busca pela expansão de nossa inteligência coletiva e da cultura livre, além da batalha pela melhoria das condições de vida da população brasileira, sobretudo, do povo negro.

domingo, 26 de outubro de 2008

Oficinas itinerantes do Afroreggae vão invadir comunidades do Complexo do Alemão

OFICINAS ITINERANTES DO AFROREGGAE VÃO INVADIR COMUNIDADES DO COMPLEXO DO ALEMÃO
Christine Keller e Paula Dias . AfroReggae e Approach . 24/10/2008


Oficinas de dança, percussão e circo invadem várias comunidades do Complexo do Alemão a partir desta segunda-feira, 27 de outubro. Trata-se do projeto Oficinas Itinerantes do AfroReggae.

A cada semana, os monitores do AfroReggae visitarão uma comunidade do Complexo. O bairro Nova Brasília será o primeiro a ser atendido, seguido pela Fazendinha. As outras comunidades agraciadas são: Morro da Baiana, Morro dos Mineiros, Morro do Sapo, Morro do Alemão, Reservatório, Morro do Itararé, Conjunto das Palmeiras, Morro das Palmeiras e Morro do Adeus.

O AfroReggae está presente na Grota desde agosto de 2007. O GCAR vê as Oficinas Itinerantes como um projeto-piloto para a expansão de suas atividades para essas outras localidades. “Desde que chegamos aqui no Complexo, os moradores que vivem distante da Grota nos pedem para ampliarmos nosso raio de ação. As tendas são uma oportunidade de levarmos as atividades a eles, captar multiplicadores e reforçar a idéia junto a parceiros para que possamos atender a mais pessoas”, explica Chico Olliveira, coordenador do Núcleo do AfroReggae no Complexo do Alemão.

Programação

As oficinas itinerantes acontecerão sempre às segundas-feiras e terças-feiras, nos turnos de manhã e tarde, durante onze semanas. Os monitores são os mesmos que ministram aulas na sede da Grota. Nas manhãs de segunda-feira haverá aulas de circo e dança às 9h; já na parte da tarde, haverá dança às 13h e circo às 15h. As aulas de percussão acontecem às terças-feiras, às 10h e 14h.

Foto: O Bloco do AfroReggae mostrando que a percussão é um dos pontos fortes entre muitos outros das oficinas do AfroReggae, quando se apresentaram no Complexo do Alemão, Carnaval de 2008. Foto de Rodrigo Gorosito

Texto: Christine Keller (AfroReggae) e Paula Dias (Approach)

Mais: http://www.afroreggae.org.br/sec_news_list.php
Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 2.5 Brazil License.