Blog comprometido com as mais diversas lutas sociais do planeta, particularmente, o que diz respeito a luta pelo socialismo, a ampliação do uso dos software livre Gnu/Linux na busca pela expansão de nossa inteligência coletiva e da cultura livre, além da batalha pela melhoria das condições de vida da população brasileira, sobretudo, do povo negro.

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

II Encontro de Cinema Negro

NOVEMBRO NEGRO

Sexta-feira, 14 de Novembro de 2008
II Encontro de Cinema Negro Brasil África e América Latina - RJ
Mostra de Filmes / Seminários / Oficinas
de 13 a 24 de novembro


Cinema, seminários e oficinas fazem parte da programação do II Encontro de Cinema Negro Brasil, África e América Latina, que começou ontem, 13 de nov. e segue até 24 de novembro, no Rio de Janeiro.

Idealizado por Zózimo Bulbul - ator e cineasta pioneiro com experiência internacional dirigiu vários filmes afro-brasileiros, sempre retratando a história do povo Negro -, o evento reúne realizadores afro-descendentes da América Latina, de diversos estados do Brasil e do continente Africano para promover um fórum de reflexões e idéias.

O objetivo é valorizar a presença do negro e suas temáticas no cinema nacional e internacional. Para isso, o Encontro promoverá a troca de experiências entre os diretores pioneiros e novos talentos, através de debates entre produtores, críticos, estudantes e público interessado em cinema, além de oficinas de capacitação gratuitas, abertas para o público.

O evento acontecerá em vários pontos da cidade. No Centro, terá palco no Cinema Odeon BR, Centro Cultural Justiça Federal, numa tenda montada na Lapa e encontros diários pela manhã no Centro Afro Carioca de Cinema, espaço lançado em 2007 por Bulbul e Biza Vianna, produtora-executiva deste Encontro. Na Zona Sul, no recém-inaugurado Espaço Tom Jobim, no Jardim Botânico. Na Baixada, em Caxias na praça do Pacificador.

Vários filmes que serão exibidos na programação do Encontro participaram do Fespaco - Festival Pan-Africano de Cinema de Ouagadodou, em Burkina Faso , em que Zózimo Bulbul participou em 1997. Este ano, o II Encontro de Cinema Negro receberá o cineasta Guy Désiré Yaméogo, representante da Fespaco.

Entre os cineastas estrangeiros confirmados para o II Encontro de Cinema Negro Brasil, África e América Latina estão Mansour Zora Wade (Senegal), Rigoberto Lopez (Cuba), Derby Arboleda (Colômbia), Apoline Traore (Burkina Faso), Angele Diabang Brener (Senegal), Antônio Molina (Cuba) e Guy Désiré Yaméogo (Burkina Faso).

MOSTRA DE FILMES

São mais de 50 produções dos seguintes países: Brasil, Mali, Mauritânia, Burkina Faso, Senegal, Colômbia, Níger, Cuba, África do Sul, Madagascar e Guiné Bissau.

Entre a programação de cinema, destaque para as sessões temáticas:

"Contos Desenhos e Tradições Africanas" - que apresenta o curta "Mon beau sourire", de Angèle Diabang Brener, sobre o ritual da tatuagem na gengiva, costume bastante difundido na África Ocidental -,

"Cineastas Novíssimos" - com "A cidade do Pan", curta produzido por jovens cineastas da Cufa (Central Única das Favelas), entre os filmes de novos talentos -,

"Um Domingo Africano em Família" - que inclui o longa-metragem "Moolaadé", de Ousmane Sembéne, sobre quatro meninas que tentam escapar do salindé, a tradicional circuncisão feminina -, e

"Mulheres Realizadoras" - com 10 filmes produzidos por mulheres, entre eles "Primeiro Plano", documentário da capixaba Kênia Freitas, que trata de questões raciais a partir do depoimento de estudantes cotistas negros da UERJ.

SEMINÁRIOS

O Cinema Negro é a pauta dos seis seminários promovidos no II Encontro de Cinema Negro Brasil, África e América Latina, que reunirão 16 cineastas, produtores, críticos e o público nos seguintes desdobramentos:

"O Intercâmbio do Cinema Negro Brasil, África e América Latina",

"A Importância dos Roteiros para demonstrar a trajetória do negro como protagonista de sua própria história",

"Festivais Internacionais, informes",

"Avaliação do Crescimento do Encontro de Cinema Negro e da Formação de Platéia de 2007 para 2008´´,

"Cinema Negro, As Possibilidades de Intercâmbio",

"Cinema Negro, Novas Produções" e

"Mulheres Realizadoras no Cinema Negro".


OFICINAS

O II Encontro de Cinema Negro Brasil, África e América Latina vai promover ainda três oficinas de capacitação para o público, com entrada franca. São elas:

. Produção de Cinema e TV, com Flávio Leandro, professor da Escola de Artes da Mangueira;

. Oficina de Roteiro, com Antônio Molina, cineasta cubano residente no Brasil com ampla experiência em cursos de roteiro junto a projetos sociais através do cinema, entre eles os cursos do CIDAN e o projeto Viajando na telinha;

. Oficina de Fotografia, com Ierê Ferreira, fotógrafo com grande experiência sobre o olhar afro-descendente, valorização de suas formas, beleza e conteúdo;

O evento ocorre até o dia 24 de novembro. Confira a programação:

Dia 14/11 (sexta-feira)

Sessão Contos, Desenhos e Tradições Africanas – Cine Odeon BR

14h - Samba, O Grande, de Mousthapha Alassane (Nigéria)
Lês Ecuelles, Idrissa Ouedraogo (Burkina Faso)
Bilakoro, de Dany Kouyaté, Issa e Sekou Traore (Burkina Faso)
Picc Mi, de Mansour Sora Wade (Senegal)
16h - Mooladé, de Osmane Sambene (Senegal)
18h - Mon Beau Sorrire, de Angèle Diabang Brener (Senegal)
Sous La Clarte de La Lune, de Apolline Traore (Burkina Faso)
20h - Abdias Nascimento, Memória Negra, de Antônio Olavo (Brasil)

Oficina de Direção - Centro Cultural Justiça Federal

14h30 - Oficina de Produção de Cinema e TV, com Flávio Leandro

Dia 15/11 (sábado)

Seminários - Centro Afro Carioca de Cinema

9h30 - O Intercâmbio do Cinema Negro Brasil, África e América Latina, com Mansour Zora Wade (Senegal), Guy Désiré Yaméogo (Burkina Faso), Rigoberto López (Cuba) e Zózimo Bulbul (Brasil)
11h30 - A Importância dos Roteiros para Demonstrar a Trajetória do Negro Como Protagonista de sua Própria História, com Zózimo Bulbul (Brasil), Antônio Molina (Cuba) e Derby Arboleda (Colômbia)

Oficina de Roteiro - Centro Cultural Justiça Federal

14h30 - Oficina de Roteiro, com Antônio Molina

Sessão Cineastas Novíssimos - Cinema Odeon BR

14h - Ilha do Rato, de Joselito Crispim (Brasil)
Fábrica de Esperança, de Jocemir (Brasil)
Dê a sua idéia, Debata, de Viviane Ferreira (Brasil)
Graffite, de Lílian Santiago (Brasil)
Primeiro Plano, de Kênia Freitas (Brasil)
Poema para Quenum, de Carmen Luz (Brasil)
16h - A Cidade do Pan, de Anderson Quacker (Brasil)
Polícia e Ladrão, de Viajando na Telinha (Brasil)
Palavra Filho, de Viajando na Telinha (Brasil)
Por Este Amor, de Rodrigo Felha Eduardo BR (Brasil)
A Condição Humana, de Flávio Leandro (Brasil)
Sete Minutos, de Cavi Borges, Paulo Silva e Julio Pecly (Brasil)
Crônicas de um Fato Comum, de Paulo Silva (Brasil)
Se Todos Fossem Iguais, de Fernando Barcellos (Brasil)
18h - Roble de Olor, de Rigoberto Lopez (Cuba)
20h - Bróder, de Jefferson Dê (Brasil)
O Preço do Perdão, Mansour Sora Wade (Senegal)

Sessão de Cinema - Centro Cultural Justiça Federal

14h30 - Samba, O Grande, de Mousthapha Alassane (Nigéria)
Lês Ecuelles, de Idrissa Ouedraogo (Burkina Faso)
Bilakoro, de Dany Kouyaté e Issa e Sékou Traoré (Burkina Faso)
Yri Kan, de Issiaka Konaté (Burkina Faso)
Picc Mi, de Mansour Sora Wade (Senegal)
O Retorno de um Aventureiro, de Moustapha Dão (Nigéria)

Dia 16/11 (domingo)

Seminários - Centro Afro Carioca de Cinema

9h30 - Festivais Internacionais, Informes, com Zózimo Bulbul (Brasil), Guy Désiré Yaméogo (Burkina Faso) e Rigoberto López (Cuba)
11h30 - Avaliação do Crescimento do Encontro de Cinema Negro e da Formação de Platéia de 2007 para 2008, com Zózimo Bulbul (Brasil), Mansour Zora Wide (Senegal), Carmen Luz (Brasil) e Jefferson Dê (Brasil)

Oficina de Fotografia - Centro Cultural Justiça Federal

14h30 - Oficina de Fotografia, com Ierê Ferreira

Sessão de Cinema - Centro Cultural Justiça Federal

14h30 - Carolina, de Jefferson Dê (Brasil)
Choro e Ladainha, de Antônio Pompeo (Brasil)
Alma no Olho, de Zózimo Bulbul (Brasil)
Aniceto do Império, de Zózimo Bulbul (Brasil)
Nossas Senhoras Meninas, de Jorge Coutinho (Brasil)
Moleque, de Ari Cândido (Brasil)
As Aventuras Amorosas de um Padeiro, de Waldir Onofre (Brasil)

Sessão Um Domingo Africano em Família - Cinema Odeon Petrobras

14h - Cheiro da Feijoada, de Yléa Ferraz (Brasil)
Jom, de Ababacar Samb Makharam (Senegal)
16h - Souku, de Issiaka Konaté (Burkina Faso)
Peças de Identidade, de Mweze Dieudonné Ngangura (Congo)
18h - Lês Ecuelles, de Idrissa Ouedraogo (Burkina Faso)
Drum, de Zola Maseko (África do Sul)
20h - A Nous La Rue, de Moustapha Dão (Burkina Faso)
Mooladé, de Osmane Sambene (Senegal)

Dia 17/11 (segunda-feira)

Seminários - Cinema Odeon Petrobras

9h30 - Cinema Negro, As Possibilidades de Intercâmbio, com Mansour Zora Wade (Senegal), Antônio Molina (Cuba), Cláudia Miranda (Brasil), Rigoberto López (Cuba), Guy Désiré Yaméogo (Burkina Faso) e Zózimo Bulbul (Brasil)
11h30 - Cinema Negro, Novas Produções, com Jefferson Dê (Brasil), Joel Zito de Araujo (Brasil), Rogério Moura (Brasil) e Zózimo Bulbul (Brasil)

Sessão de Cinema - Cinema Odeon Petrobras

14h - Kounandi, de Apoline Traore (Burkina Faso)
Souku, de Issiaka Konaté (Burkina Faso)
A Nous La Rue, de Moustapha Dao (Burkina Faso)
16h - Sarraounia, de Méd Hondo (Mauritânia)
18h - Sexo Fuerte, de Derby Arboleda (Colômbia)
20h - Cinderelas, Lobos e um Príncipe Encantado, de Joel Zito (Brasil)
Sessão de Cinema - Tenda Lapa

19h - Samba, o Grande, de Mousthapha Alassane (Nigéria)
Lês Ecuelles, de Idrissa Ouedraogo (Burkina Faso)
Bilakoro, de DanyKouyaté, Issa e Sékou Traoré (Burkina Faso)
Picc Mi, de Mansour Sora Wade (Senegal)

Dia 18/11 (terça-feira)

Seminários - Cinema Odeon Petrobras

Mulheres Realizadoras no Cinema Negro, com Apoline Traore (Burkina Faso), Angele Diabang Brener (Senegal), Lea Garcia (Brasil), Carmem Luz (Brasil), Kênia Freitas (Brasil), Cidinha Silva (Brasil) e Ruth Pinheiro (Brasil)

Sessão de Cinema - Tenda Lapa

19h - Primeiro Plano, de Kênya Alice (Brasil)
Se Todos Fossem Iguais, de Fernando Barcelos (Brasil)
Grafite, de Lílian Santiago (Brasil)
A Condição Humana, de Flávio Leandro (Brasil)
Samba no Trem, de Zózimo Bulbul (Brasil)

Sessão Mulheres em Ação - Cinema Odeon Petrobras

14h - Mon Beau Sourire, de Angèle Diabang Brener (Senegal)
Poema para Quenum, de Carmen Luz (Brasil)
Primeiro Plano, de Kênia Freitas (Brasil)
Crimes de Ódio, de Patrícia Freitas (Brasil)
Graffite, de Lílian Santiago (Brasil)
Dê a sua Idéia, Debata, de Viviane Ferreira (Brasil)
16h - Taafé Fanga, de Adama Drabo (Mali)
18h - Finzan, de Cheick Sissouko (Mali)
20h - “Yandé Codou, La Griotte de Senghor, de Angele Diabang Brener (Senegal)
Kounandi, de Apoline Traore (Burkina Faso)

Dia 19/11 (quarta-feira)

Sessão de Cinema - Cinema Odeon Petrobras

14h - Morre Congo, Fica Congo, de Délcio Teobaldo (Brasil)
Samba no Pé, de Zeca Ligeiro (Brasil)
Pisando na Argila, de Antônio Molina (Brasil)
Farinha, de Tião Fonseca (Brasil)
Jongo uma Dança Profana e Religiosa no Quilombo São José, de Ricardo Brasil (Brasil)
16h - Tabataba, de Raymond Rajaonarivelo (Madagascar)
18h - Jom, de Ababacar Samb Makharam (Senegal)
20h - Sua Majestade, Delegado, de Clementino Jr. (Brasil)
Samba no Trem, de Zózimo Bulbul (Brasil)
Eu sou o Povo!, de Bruno Bacellar, Luis Fernando Couto e Regina Rocha (Brasil)

Dia 20/11 (quinta-feira)

Sessão de Cinema - Cinema Odeon Petrobras

14h - Bamako, de Abderrahmane Sissako (Mauritânia)
16h - Soleil o, de Méd Hondo (Mauritânia)

Sessão de Cinema - Espaço Tom Jobim

19h - Alma no Olho, de Zózimo Bulbul (Brasil)
Carolina, de Jefferson Dê (Brasil)
Samba no Trem, de Zózimo Bulbul (Brasil)

Dia 21/11 (sexta-feira)

Sessão de Cinema - Espaço Tom Jobim

17h - Alma no Olho, Zózimo Bulbul (Brasil)
Nhá Fala, de Flora Gomes (Guiné Bissau)
19h - Choro e Ladainha, de Antônio Pompeo (Brasil)
Moolade, de Osmane Sambene (Senegal)

Dia 22/11 (sábado)

Sessão de Cinema - Espaço Tom Jobim

17h - Nossa Senhora das Meninas, de Jorge Coutinho (Brasil)
Sarrouania, de Méd Hondo (Mauritânia)
19h - Samba no Trem, de Zózimo Bulbul (Brasil)
Attendand le Boheme, de Sissakou

Dia 23/11 (domingo)

Sessão de Cinema - Espaço Tom Jobim

17h - Carolina, de Jefferson Dê (Brasil)
O Preço do Perdão, de Mansour sora Wade (Senegal)
19h - O Cheiro da Feijoada, de Iléa Ferraz (Brasil)
Filhas do Vento, de Joel Zito (Brasil)


SERVIÇO

II ENCONTRO DE CINEMA NEGRO BRASIL, ÁFRICA e AMÉRICA LATINA
De 14 a 24 de novembro

Abertura para convidados: 13 de novembro

Cinema Odeon Petrobras
Praça Mahatma Gandhi 2, Cinelândia. Tel.: 2240 1093
Ingressos: Sessões de Cinema: R$2,00. Seminário: Entrada Franca
Capacidade: 600 lugares

Centro Cultural Justiça Federal
Av. Rio Branco 241, Centro. Tel.: 3261 2550
Ingressos: Sessões de Cinema: R$2,00. Seminário: Entrada Franca
Capacidade: 40 lugares

Espaço Tom Jobim
Rua Jardim Botânico 1.008
Ingressos: R$2,00
Capacidade: 400 lugares

Centro Afro Carioca de Cinema
Rua Joaquim Silva 40, Lapa. Tel.: 2508-7381
Ingressos: entrada franca
Capacidade: 30 lugares

Tenda Lapa
Arcos da Lapa. Exibição de filme ao ar livre.
Ingressos: entrada franca

Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 2.5 Brazil License.