Blog comprometido com as mais diversas lutas sociais do planeta, particularmente, o que diz respeito a luta pelo socialismo, a ampliação do uso dos software livre Gnu/Linux na busca pela expansão de nossa inteligência coletiva e da cultura livre, além da batalha pela melhoria das condições de vida da população brasileira, sobretudo, do povo negro.

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Documentário: Favela On Blast


FAVELA ON BLAST
Por Claudia Assef | UOL

“Favela On Blast”, um documentário bem musical sobre o funk, filmado nos morros cariocas e sem nenhum incentivo do governo. A proposta é levar o espectador para dentro do mundo do funk, apresentando os “intra-mundos” desses personagens da favela (ou de fora dela).

O longa é de dois diretores estreantes, o mineiro Leandro HBL e o DJ americano Diplo. Em parceria, fizeram uma grande busca da cultura musical em torno do funk carioca em algumas favelas do Rio de Janeiro.

Conheça: (http://www.youtube.com/leandrohbl) e (http://www.leandrohbl/funkfim)

Participaram da gravação:
Mr. Catra, Deise Tigrona, Mc Leleco, Mc Duda, Dj Sany Pitbull, Dj Jorginho, Mc Ju. Mc Colibri, Biruleibe, Mc Pé de Pano, Mcs Júnior e Leonardo, Mcs Gorila e Preto, Gaiola das Popozudas, Mc Frank, Dj Cabide, Dj Wally, Dj Grandmaster Rafael, Dj Carlos Machado, Dj Sandrinho, Mc Pana, Mc Serginho, Dj Marlboro e Mc Galo..

DIRETORES
Leandro HBL nasceu em Belo Horizonte, Brasil, em 1977. Formou-se em Comunicação e Arte da PUC-MG (1999). Em 1996 criou o Mosquito Project, onde trabalha como diretor criativo. Estudou cinematografia em Cuba na Escola Internacional de Cinema e TV (San Antonio de Los Baños). Trabalhou no Departamento de Cinema da FABRICA (www.fabrica.it). Desenvolve trabalhos de design gráfico, fotografia, video, cinema e instalações. (http://www.leandrohbl.com).

Wesley Pentz (Dj Diplo), nasceu em Tupelo, USA, em 1978. Cresceu na Flórida onde começou a trabalhar com música e filmes. Mudou-se para a Filadélfia para estudar e lecionar em escolas e em projetos sociais. Escreveu, produziu e mixou músicas para MIA, Beck, Radiohead, entre outros. O seu selo musical MadDecent introduziu o Baile Funk no mundo. A música “Paper Planes” que escreveu para MIA chegou ao top 5 nos Estados Unidos em 2008. (http://www.madecent.com)

Passa longe de Favela On Blast a glamurização da pobreza ou da violência, clichê recorrente em documentários que retratam gente pobre. O filme adentra os morros cariocas onde o funk é mais presente como um convidado bem-vindo e não um intruso e mostra, através de personagens fortes, como o som é feito, em que é baseado e, em seguida, como é consumido.

Como numa mixagem perfeita, com passagens suaves de um tema para o outro, você é apresentado a figuraças como o MC Pana, que conta a odisséia que foi produzir seu primeiro "cripe" - este, segundo ele, foi parar na internet e rendeu "não sei quantas mil cópias" (?).

Ou o MC Colibri, uma espécie de Don Juan do funk carioca, que migrou do samba para o batidão e subiu de vida, a ponto de ser proprietário de uma senhora casa. Ou ainda o MC Gorila, que mandou fazer uma corrente pesando 1,7 kg, em que pendura um pingente com "o corpo do Hulk e cabeça de macaco". E tem ainda entrevistas e trechos de shows com nomes mais conhecidos, como Deize Tigrona, Sanny Pitbull, DJ Marlboro e Mr. Catra.

O filme não se esquiva de temas pesados, como a violência policial, a banalização do sexo e o tráfico de drogas na favela. Mas mostra esse cotidiano com a mesma naturalidade com que os moradores a encaram - não deixa de ser assustadora essa tranquilidade diante do caos, mas esse não é o ponto aqui.

Costurando o filme todo estão crianças, muitas, magrelas e espertíssimas. Não dá pra não fazer um "nhóóó" vendo aquela molecada feliz da vida, cantando, celebrando a vida, mesmo descalças e usando shortinhos puídos.

Com edição esperta, sensibilidade, bom humor e incrível intimidade com o tema, Favela On Blast merece entrar no circuito comercial, mas eu duvido muito. Tomara que saia logo em DVD e faça uma bela carreira na gringa.

Material enviado pela companheira Vânia Narciso
Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 2.5 Brazil License.