Blog comprometido com as mais diversas lutas sociais do planeta, particularmente, o que diz respeito a luta pelo socialismo, a ampliação do uso dos software livre Gnu/Linux na busca pela expansão de nossa inteligência coletiva e da cultura livre, além da batalha pela melhoria das condições de vida da população brasileira, sobretudo, do povo negro.

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

O Cine Negro Sankofa Apresenta: ZUMBI SOMOS NÓS


O Cine Negro Sankofa Apresenta:
ZUMBI SOMOS NÓS

Flávio Sant´ana morreu por ser negro. Mesmo pertencente às camadas médias e dentista formado recentemente. Morreu numa movimentada avenida de São Paulo, quando foi confundido com um ladrão e foi executado de forma fulminante sem ter esboçado nenhuma reação.
Fica evidente a postura e ação racista contido na atuação da polícia, e também pela expressão utilizada pelo braço do Estado: elemento suspeito cor padrão. Ao investigarmos as raízes do racismo policial, a origem da polícia, em especial no Brasil, explicita que sua função é a repressão e o controle social das populações excluídas e a proteção da propriedade das elites, e não a proteção do cidadão. O negro mesmo diante dos avanços dos Direitos Humanos fica relegado a cidadão de segunda categoria, comprovado em indicadores sociais em que jovem negro e morador de áreas periféricas vítimas deste sistema de genocídio da juventude negra pelo país.
A polícia, e os policiais, acabam refletindo a organização geral da sociedade que, no caso brasileiro, tem uma forte herança escravocrata.

Dia 11 de novembro de 2009, quarta-feira
às 18:45h
9o andar. Auditório 93, da UERJ
Rua São Francisco Xavier, 524, Maracanã.
Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 2.5 Brazil License.