Blog comprometido com as mais diversas lutas sociais do planeta, particularmente, o que diz respeito a luta pelo socialismo, a ampliação do uso dos software livre Gnu/Linux na busca pela expansão de nossa inteligência coletiva e da cultura livre, além da batalha pela melhoria das condições de vida da população brasileira, sobretudo, do povo negro.

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Carta Aberta: Em defesa da eduacação do Estado do Rio de Janeiro

Como professor, eu assino embaixo!!!

Magistério do RJ - Carta Aberta à População


Carta Aberta à População do Estado do Rio de Janeiro.

Nós, professores servidores do Estado do Rio de Janeiro, escrevemos esta carta aberta à população do Rio de Janeiro para mostrar aquilo que realmente envolve a questão incorporação da gratificação chamada Nova Escola e
diminuição do nosso plano de carreira.

A princípio, não foi dito o valor do salário do professor estadual, que é de apenas R$ 607,26. A população deve imaginar que recebemos alguma ajuda extra, como vale transporte, vale refeição, que qualquer empresa é obrigada
a pagar a seu funcionário. Porém, não é isso o que acontece: não recebemos estes benefícios que são direitos de todo o trabalhador e ainda temos o desconto previdenciário de 11%( necessário p/ aposentadoria) recebendo um
salário líquido de aproximadamente R$ 540,00.

O Governo faz propagandas na televisão dizendo que deu laptops para todo professor, mas na verdade, estes laptops foram adquiridos através do sistema de comodato, ou seja, estes equipamentos são *emprestados *pelo governo que,
quando bem entender, pode pedir os mesmos de volta. Incabível um professor trabalhar 30 anos em sala de aula, sem ter condição de adquirir um computador e qdo recebe, de repente fica sem ele __ ou por ter entrado de licença ( por doença) ou por pedir aposentadoria.
Incoerente e injusto, pois um aluno que se destaca nas avaliaçoes é presenteado com um notebook ( sem devoluçao, claro!) mas esquecem que se este é um aluno de destaque....quem o fez foram os professores.
Atualmente, observamos a climatização das salas de aula, onde o Governo aluga os aparelhos gerando um consumo absurdo de energia elétrica, que será pago pela escola.
( Na maioria das escolas, os aparelhos só serviram para travar janelas impedindo a entrada de ar, pois não estão funcionando. É só fachada.)

A incorporação do Nova Escola se dará até *2015*, em *7 parcelas*...isso mesmo!!! O governador já se considera reeleito. Existem casos de professores que receberão, segundo este projeto, um aumento de R$ 2,47! o que não dará para pagar uma passagem com o valor deste aumento. Um outro ponto é o grande número de pedidos de exoneração de professores: estima-se que seja aproximadamente 30 por dia! Pergunta-se: Quem consegue ficar satisfeito com esse sálario e ainda sem condições decentes de trabalho?

Contudo, o que mais nos deixa indignados, é a carta compromisso enviada aos nossos lares onde o mesmo governador empenha sua palavra e agora se esquece
de tudo aquilo que prometeu. As promessas são:

Promessa 1- Reposição das perdas dos últimos 10 anos.
Resultado- Reajuste de 4% e mais 8% de uma perda de mais de 70%.

Promessa 2- Manutenção do atual plano de carreira e inclusão dos professores de 40h.
Resultado- Não só manteve o professor 40h de fora do plano como tentou diminuir as diferenças entre níveis de 12% para 7,5%.

Promessa 3- Fim da política da gratificação Nova Escola e incorporação do valor da gratificação ao piso salarial.
Resultado- Esqueceu de avisar que seria em 7 anos e sem reposição da inflação.

Promessa 4- "A secretaria de Estado de Educação do meu governo terá como titular pessoa com histórico na área de educação e vínculos com o magistério."
Resultado- A atual titular da pasta é da área de computação, burocrata sem passagem pelo magistério.
Não somos ouvidos, e ainda vemos a imprensa nos virar as costas e distorcer a situação real, para ludibriar e confundir o povo. Somos pais e mães de família, que fizeram um curso superior, muitos com mestrado e até doutorado, na esperança de um futuro melhor.
Contamos com a compreensão e a colaboração da população do Estado do Rio de Janeiro.
Vista a camisa da Educação, você pode não ser professor, seu filho e sua família podem não precisar da Educação Pública, mas a nossa sociedade só vai melhorar com Educação Pública de qualidade. Faça a sua parte, essa será uma verdadeira mudança na história da Educação no Estado do Rio de Janeiro, porém precisamos adequar a verdadeira realidade do magistério Estadual.

Agradecemos imensamente a atenção

Professores do Estado do Rio de Janeiro

Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 2.5 Brazil License.