Blog comprometido com as mais diversas lutas sociais do planeta, particularmente, o que diz respeito a luta pelo socialismo, a ampliação do uso dos software livre Gnu/Linux na busca pela expansão de nossa inteligência coletiva e da cultura livre, além da batalha pela melhoria das condições de vida da população brasileira, sobretudo, do povo negro.

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Músico suspende protesto em Shopping

Por: Redação - Fonte: Afropress - 19/2/2011

S. Paulo - O músico cubano Pedro Bandeira, que teria sido vítima de discriminação por parte de seguranças do Shopping Cidade Jardim, Zona Sul de S. Paulo, em agosto do ano passado, reuniu-se na tarde desta sexta-feira (18/02), com a administração do Shopping e decidiu suspender o ato de protesto marcado para este sábado, a partir das 12h.

“Não foi um encontro de negociação, nem de acordo, mas para ouvir a minha versão dos fatos, o que aconteceu de forma respeitosa por pessoas que mostraram comprometimento na identificação dos responsáveis diretos do acontecido”, afirmou Bandeira.

Segundo ele, ao final do encontro, foi feita uma carta em conjunto, em que a direção do Shopping assume posição contra o racismo e o preconceito.

“Com este novo desdobramento dos fatos, o ato marcado para amanhã, cobrando uma resposta da instituição, perde seu objetivo inicial. Se porventura alguém não receber esta mensagem a tempo, eu estarei lá, nos horários e locais combinados, para ler a carta pessoalmente. Este foi apenas o primeiro da minha luta, em direção á apuração e responsabilização. Manterei vocês informados do desenrolar dos fatos. Agradeço a todos pela mobilização e pelas mensagens de apoio e solidariedade”, conclui.

A reunião do músico com a direção do Shopping teve a participação da cantora Marina de la Riva, de cuja banda participa.

Leia, na íntegra, a Nota assinada pelo músico cubano e a direção do Shopping.

O Shopping Cidade Jardim e o músico Pedro Bandera informam que mantêm nesse momento esforço conjunto para colaborar no esclarecimento dos fatos que ocasionaram desconforto ao artista na ocasião do show de sua banda ocorrido nas dependências da Livraria da Vila, no Shopping, em agosto de 2010.

A artista Marina de la Riva conhecedora da credibilidade e essência do músico Pedro Bandera e do empreendedorismo social do Shopping, tomou a iniciativa de reunir ambas as partes para que a abertura do diálogo fosse possível e se chegasse a um consenso quanto ao esclarecimento do que realmente houve na ocasião.

Desse encontro restou claro para o músico Pedro Bandera que o Shopping é totalmente contra qualquer ato discriminatório e que está comprometido a continuar contribuindo para o esclarecimento dos fatos.

Essa nota está sendo publicada em comum acordo nos perfis do artista Pedro Bandeira e igualmente nos do Shopping Cidade Jardim. Desde já ambos agradecem a colaboração da Marina de la Riva no sentido de se buscar o esclarecimento dos fatos.
Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 2.5 Brazil License.