Blog comprometido com as mais diversas lutas sociais do planeta, particularmente, o que diz respeito a luta pelo socialismo, a ampliação do uso dos software livre Gnu/Linux na busca pela expansão de nossa inteligência coletiva e da cultura livre, além da batalha pela melhoria das condições de vida da população brasileira, sobretudo, do povo negro.

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Rio de Janeiro terá cotas para negros em concursos públicos

Palavras do Pelenegra: Começamos a obter mais do que a migalha das cotas nas universidades. Que venham mais ações afirmativas!

Fonte: radioagencianp

A ministra da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Luiza Bairros, anunciou nesta terça-feira (10) que os próximos concursos públicos no estado do Rio de Janeiro terão reserva de vagas para negros. Segundo informações da Agência Brasil, a medida deverá ser regulamentada por meio de um decreto do governador Sérgio Cabral (PMDB).
O percentual de vagas será estabelecido após um estudo aprofundado da Secretaria Estadual de Direitos Humanos e Assistência Social, que deverá considerar as características da população. Quase 52% dos cariocas que vivem na capital do estado se autodeclararam negros no Censo de 2010, realizado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).
A Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj) foi a primeira Instituição de Ensino Superior brasileira a adotar o sistema de cotas, em 2003. A partir deste ano, a prova de admissão ao curso de preparação de diplomatas do Instituto Rio Branco também terá ações afirmativas e aprovará 10% a mais de candidatos.
A reserva de vagas na Universidade de Brasília é questionada por meio de uma ação movida pelo partido DEM. O Supremo Tribunal Federal deve julgar a constitucionalidade dessa política até dezembro. O assunto foi debatido na Corte há um ano, em Audiência Pública convocada pelo ministro Ricardo Lewandowiski.
De São Paulo, da Radioagência NP, Jorge Américo.
Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 2.5 Brazil License.