Blog comprometido com as mais diversas lutas sociais do planeta, particularmente, o que diz respeito a luta pelo socialismo, a ampliação do uso dos software livre Gnu/Linux na busca pela expansão de nossa inteligência coletiva e da cultura livre, além da batalha pela melhoria das condições de vida da população brasileira, sobretudo, do povo negro.

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Sobre o debate dos livros didáticos

Não é só uma guerra midiática, mas antes de tudo uma guerra ideológica. Os governos querem ter o controle dos conteúdos dos livros didáticos. Muitos consideram esse conteúdo impróprio por revelar uma realidade social que eles querem esconder. Há algum tempo atrás o jornal O Globo colocou no seu site matérias que criticavam os livros didáticos de História, acusando-os de apresentarem forte influência marxista. Cobrava-se das editoras uma posição de maior controle dos textos, buscando censurar seus autores.
Para entender o que digo basta ver os programas do Telecurso de História. Há um dirigismo claro no sentido de evitar polêmicas e conflitos. Pretende-se impedir qualquer conotação marxista nos conteúdos, se é que é possível.
As ações, portanto, visam não apenas garantir determinados interesses econômicos com contratações de "fundações" que estejam ligadas diretamente aos governos, mas sobretudo construir conteúdos que tenham uma linha ideológica mais afeita aos desejos dos governantes.
A Prefeitura do Rio de Janeiro fez uma parceria com a Fundação Roberto Marinho, já verificaram o quanto as escolas municipais têm aparecido em programas da Rede Globo, como exemplo de mudança na qualidade de ensino.
Em suma, a burguesia quer interferir diretamente na produção dos textos didáticos na escola pública. Quer impedir a formação de um cidadão que seja crítico e ágil na defesa de seus direitos humanos e interesses.
Só para pensarmos, recentemente houve uma batalha no Congresso Americano pela mudança do ensino de História, tornando-o mais crítico. O Congresso Americano vetou esta mudança. Acho que a partir daí podemos começar a pensar no que está ocorrendo, ou seja, a tentativa de controle de mentes e opiniões.
Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 2.5 Brazil License.