Blog comprometido com as mais diversas lutas sociais do planeta, particularmente, o que diz respeito a luta pelo socialismo, a ampliação do uso dos software livre Gnu/Linux na busca pela expansão de nossa inteligência coletiva e da cultura livre, além da batalha pela melhoria das condições de vida da população brasileira, sobretudo, do povo negro.

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

MST faz ato em defesa do assentamento Milton Santos em SP nesta terça-feira

Nesta terça-feira (11/12), o MST realiza um ato em defesa do assentamento Milton Santos, localizado no município de Americana (SP), na Avenida Paulista, em São Paulo, a partir das 10h.
O Movimento protesta contra o pedido de reintegração de posse da área pela Justiça Federal e cobra da presidenta Dilma Rousseff que assine decreto de desapropriação da área.
Em 28 de novembro, a 2ª Vara de Piracicaba da Justiça Federal determinou a reintegração de posse da área.
As 100 famílias que vivem - produzem alimentos e abastecem o mercado local (foto) - há sete anos no assentamento têm 15 dias para sair da área a partir da notificação oficial para não serem despejados pela Polícia Militar.
A área do assentamento pertencia à família Abdalla e foi repassada ao INSS como forma de pagamento dos impostos por causa das dívidas com a União.
O assentamento foi reconhecido pelo Instituto de Colonização e Reforma Agrária (Incra) em julho de 2006.
Até a desapropriação, a área era usada irregularmente pela Usina Ester para a monocultura de cana de açúcar.
A família Abdalla, em conjunto com a Usina Ester, entraram com uma ação na Justiça e ganharam em segunda instância, por meio de uma brecha legal.
“Vivemos um momento de apreensão, com a visível paralisação da Reforma Agrária no estado de São Paulo. Estamos vivendo um momento de paralisação da Reforma Agrária e também de ameaças às conquistas”, afirma o integrante da Coordenação Nacional do MST, Gilmar Mauro.
O MST cobra da presidenta Dilma Rousseff que assine o decreto de desapropriação por Interesse Social do Sítio Boa Vista, onde fica o assentamento, que foi enviado pelo Incra à Presidência.
A desapropriação por Interesse Social, de acordo com a Lei Nº 4.132, de 10 de setembro de 1962, prevê que “será decretada para promover a justa distribuição da propriedade ou condicionar o seu uso ao bem estar social, na forma do art. 147 da Constituição Federal”.
“Não podemos deixar a Reforma Agrária andar para trás. Temos o compromisso de lutar pela manutenção do assentamento e contra o desmonte da Reforma Agrária pelo Poder Judiciário”, afirma Gilmar Mauro.
Na quarta-feira, as famílias do MST ameaçadas pela ação de despejo montam um acampamento de resistência, no assentamento Milton Santos.
Nesta segunda-feira, um grupo de famílias do Milton Santos, que não faz parte do MST, fez um protesto em defesa do assentamento em São Paulo.
Fotos: João Zinclar
Fonte: .mst

Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 2.5 Brazil License.