Blog comprometido com as mais diversas lutas sociais do planeta, particularmente, o que diz respeito a luta pelo socialismo, a ampliação do uso dos software livre Gnu/Linux na busca pela expansão de nossa inteligência coletiva e da cultura livre, além da batalha pela melhoria das condições de vida da população brasileira, sobretudo, do povo negro.

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Posição do Movimento Negro Unificado: Fora Aécio

COORDENAÇÃO DO MOVIMENTO NEGRO UNIFICADO.
RESOLUÇÃO POLÍTICA SOBRE O SEGUNDO TURNO DAS ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS.

A nossa organização foi criada em plena ditadura militar em 1978 e durante estes 36 anos de resistências , combatemos a segregação racial em nosso país.
O racismo no Brasil é determinado pelos interesses econômicos da oligarquia burguesa brasileira que detém e concentra a maior parte das riquezas produzidas pela classe trabalhadora , onde o povo negro está inserido.
A classe dominante no Brasil impõem e mantém sua visão de mundo a partir de seus valores eurocêntricos , capitalistas e neocolonialista.
Nossa posição política caminha , necessariamente , para uma ação imediata de enfrentamento e mobilização contra a possibilidade da direita racista , homofóbica e conservadora assumir o controle do governo do país.
A vitória desta política significa um profundo retrocesso das principais conquistas sociais e democráticas que obtivemos nos últimos anos de enfrentamento ao neoliberalismo.
O processo eleitoral no primeiro turno , demonstrou que partidos políticos conservadores e de direita e seus  respectivos líderes foram eleitos em vários estados com uma plataforma política baseada na xenofobia racial e religiosa contra principalmente as religiões de matrizes africanas.
A candidatura Aécio Neves , representa os interesses do grande capital financeiro especulativo internacional e das grandes multinacionais.
Neste segundo turno o mecanismos golpistas foram acionados , como em vários momentos , na história.
Recentemente a Rede Globo fez autocrítica do apoio que deu ao golpe militar e não podemos esquecer a manipulação do último debate entre os então candidatos LULA e COLLOR.
A manipulação da grande mídia , representada pelas organizações Globo , a revista Veja , a Folha de São Paulo entre outros meios de comunicação introduzem na sociedade denúncias não comprovadas de um criminoso , através de um festival de denúncias sensacionalistas com o objetivo de manipular o eleitorado favorecendo a coligação de direita e conservadora.
Esta mesma mídia se cala frente a denúncia de compra de votos para introduzir a reeleição em nosso país feita pelo governo FHC.
Se cala frente as denúncias de corrupção no Metro de São Paulo governado pelo PSDB.
Se cala frente a construção do aeroporto em terras particulares da família Aécio em Minas Gerais  e outras denúncias nos governos tucanos em todo o país.

DEFENDEMOS UMA PROFUNDA LIMPEZA NA POLÍTICA BRASILEIRA CRIMINALIZANDO PRINCIPALMENTE OS CORRUPTORES ENCOBERTOS NOS GRANDES CONGLOMERADOS ECONÔMICOS.

A concepção elitista de sociedade esta integrada ao poder imperialista concebido pelos banqueiros e empresários que controlam o mercado financeiro e não admitem a construção de uma alternativa internacional que se contraponha ao domínio do FMI como é a proposta do banco dos BRICS.
Uma alternativa de política que apoia os indígenas e o governo na Bolívia , a resistência cubana , a política libertária de jOSÉ  Mujica no Uruguai , a rebeldia Argentina contra os fundos abutres e a reconciliação colombiana.
Uma política que priorize a relação com a América latina e o continente africano.
O retorno de um governo neoliberal , do latifúndio e agronegócio determinará a impossibilidade do prosseguimento da reforma agrária , do fortalecimento  agricultura familiar e do enfrentamento as resistências a titulação das terras quilombolas.
Repudiamos e lutaremos contra o acirramento e o fortalecimento da repressão policial e o redimensionamento do genocídio da juventude negra através da REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL  como defende o candidato Aécio Neves.
Não queremos e lutaremos contra a homofobia , a violência contra a mulheres , a exploração das terras indígenas e da mão de obra escrava , da exploração dos trabalhadores e trabalhadoras através da precarização do mercado de trabalho , da privatização das empresas públicas , da abertura irrestrita da economia ao capital internacional e a repressão a participação popular e democrática que impossibilitará a efetiva conquista de uma reforma política que atenda os interesses dos setores excluídos e marginalizados.

PELA PRESENÇA EFETIVA DE NEGROS E NEGRAS NO PRIMEIRO ESCALÃO DO GOVERNO.
PELA APROVAÇÃO DE UM PLANO NACIONAL DE COMBATE A HOMOFOBIA E SUA CRIMINALIZAÇÃO.
PELO APOIO A NÃO CRIMINALIZAÇÃO DO ABORTO.
PELA EFETIVA TITULAÇÃO DA TERRAS QUILOMBOLAS.
PELO APOIO INCONDICIONAL AS RELIGIÕES DE MATRIZES AFRICANAS.
PELO FIM DO EXTERMÍNIO DA JUVENTUDE NEGRA.
PELA RETIRADA DAS TROPAS DO HAITI.
POR REPARAÇÃO HISTÓRICA E HUMANITÁRIA AO POVO NEGRO.
BASTA DE CASA GRANDE E SENZALA EM NOSSO PAÍS.

NO DIA 26 DE OUTUBRO.
FORA AÉCIO NEVES.

NENHUM PASSO ATRÁS.

REAJA A VIOLÊNCIA RACIAL.

DIREÇÃO NACIONAL DO MNU.
Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 2.5 Brazil License.